6 dicas para aumentar as vendas do seu e-commerce

Ter uma loja virtual forte é crucial em tempos de crise. Veja 6 dicas de especialistas para aumentar as vendas do seu e-commerce!

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O comércio eletrônico brasileiro vem numa crescente há anos — tanto que, em fevereiro, a estimativa era de uma movimentação de R$ 106 bilhões em 2020. No entanto, com a chegada da pandemia, grande parte do público parou de sair às ruas e começou a fazer compras online, o que resultou num aumento de 48% com relação a 2019. Portanto, aumentar as vendas do seu e-commerce neste momento não é apenas possível, como também crucial para manter sua marca estável até mesmo em momentos de crise.

Sua loja virtual pode — e deve — vender mais. Para isso, é claro, você precisa usar estratégias efetivas de marketing digital. Veja 6 dicas de especialistas para aumentar as vendas do seu e-commerce:

1. Use e-mail marketing

Há muitos anos, o e-mail marketing é usado como ferramenta para elevar as negociações no meio digital. O problema é que ela não era feita da forma correta (algo que ocorre até hoje). Por exemplo: você provavelmente já recebeu e-mails diários de uma loja na qual você não se cadastrou —  alguns até mesmo com promoções enganosas.

Mas apesar desses problemas, acredite: é possível aumentar as vendas do seu e-commerce usando e-mail marketing; é só ter uma estratégia inteligente. Para isso, você precisa coletar endereços de e-mail. Qualquer trabalho de marketing do tipo só funciona com eficiência quando o usuário autoriza o envio dos e-mails de sua loja. Então, você precisa coletá-los.

Mas como isso é possível? Implemente um formulário de captação de emails opt-in na home do seu site. Quando o usuário entrar no seu e-commerce, ofereça uma recompensa em troca do cadastro: R$10 ou 10% de desconto na primeira compra, promoções exclusivas, frete grátis a partir de X valor ou algum e-book. 

Outra forma inteligente de conseguir esses e-mails é por meio do marketing de conteúdo, que vamos conhecer mais no próximo tópico.

2. Faça marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo é uma estratégia que inverte o marketing tradicional: em vez de enviar propagandas, ele atrai o consumidor até o seu site ou blog. Isso só é possível com conteúdo de qualidade e relevante, que tira a dúvida do seu potencial cliente e transforma sua empresa em uma autoridade no segmento. 

O conteúdo é feito pensando na sua persona, ou seja, na personificação do seu cliente ideal. Esse perfil abrange desde dados demográficos até comportamentais — tudo isso com base no tráfego do seu site. A partir daí, você começa a pensar nas “dores” dessa pessoa, no que a incomoda, e como o seu produto pode resolvê-la.

Por exemplo: você é dono de uma loja de produtos de maquiagem para mulheres mais velhas. Então, vai pesquisar palavras-chave que esse tipo de público costuma usar quando faz uma pesquisa no Google relacionada ao assunto: “maquiagens para mãe dos noivos”, “como usar maquiagem para trabalho” e “maquiagens para mulheres maduras”, por exemplo. Depois, começa a seguir mais para o produto em si: “melhores bases para mulheres maduras”, “melhores corretivos para mulheres com linhas de expressão”. 

O marketing de conteúdo é uma estratégia de médio e longo prazos, ou seja, ele provavelmente não vai aumentar as vendas do seu e-commerce em menos de 6 meses. Mas ele é capaz de transformar a imagem da sua marca e deixá-la na mente do seu cliente. Sempre que precisar resolver determinada dor, é você quem ele vai procurar.

3. Adote o remarketing para aumentar as vendas do seu e-commerce

Sabe quando o usuário passa no seu e-commerce, olha um produto, chega até a colocá-lo no carrinho de compras, mas sai sem efetuar a transação? Segundo o Atlas E-commerce Radar 2017, mais de 82% dos carrinhos gerados no Brasil são abandonados — uma taxa bem alta e que deve ser revertida.

Uma boa opção para reverter esse problema é utilizando o remarketing, técnica que faz com que aquele item não saia da cabeça do consumidor enquanto ele estiver navegando na internet. Isso acontece porque aquele produto e outros semelhantes começam a aparece nos banners de diversas plataformas da internet. Eles podem aparecer em displays em links patrocinados, e-mails marketing ou até pelas redes sociais. 

4. Ofereça vantagens a quem já comprou

Além de enviar novidades, promoções e descontos para atrair quem ainda não comprou, o e-mail marketing pode oferecer vantagens a quem já comprou do seu e-commerce. 

Aqui, a melhor vantagem é oferecer um produto de ticket médio e complementar ao já cobrado. Se o cliente adquiriu um celular de ponta no momento, ele provavelmente não vai querer outro, mas você pode oferecer descontos em notebooks, tablets, televisores e outros produtos eletrônicos.

Outra proposta é o cupom com 10 ou 15% de desconto numa próxima compra. Coloque validade para dar um senso de urgência na próxima aquisição. Assim, você vai aumentar as vendas do seu e-commerce e o consumidor conseguirá um produto mais caro com um valor muito melhor do que na concorrência.

5. Dê desconto durante a compra

Você pode aumentar as vendas do seu e-commerce ainda durante a compra, e seguindo a dica anterior: oferecendo um produto complementar. Por exemplo: se você trabalha com perfumaria, pode oferecer outros perfumes da mesma categoria com um valor mais baixo ou um kit de perfume + sabonete + hidratante com 20% de desconto.

6. Otimize seu e-commerce

Para que você consiga aumentar as vendas do seu e-commerce, é preciso que seu site seja encontrado facilmente numa busca do Google. Se você vende sapatos de couro, o usuário precisa encontrá-lo quando jogar “sapatos de couro”, “sapatos femininos de couro” ou “sapatos masculinos de couro” na ferramenta de buscas. Mas para que isso aconteça, você precisa otimizar o seu site com técnicas relativamente simples, mas que fazem toda a diferença no número de acessos mensal.

Para isso, você precisa usar Search Engine Optimization, mais conhecido como SEO ou otimização para mecanismos de busca. São alterações que você faz dentro e fora do site (quando possível) para atrair mais usuários. Essas mudanças ocorrem no tamanho das imagens, hierarquização dos intertítulos, uso de palavras-chave e qualidade do conteúdo.

Viu como é possível aumentar as vendas do seu e-commerce mesmo durante a pandemia? E para deixar sua loja ainda mais forte, entenda a importância do Marketing Digital em tempos de crise!   

Assine a nossa newsletter

Receba atualizações e aprenda com os melhores

veja mais

Quer saber mais sobre os nossos serviços?

Vamos Conversar

small-bg-popup-agencia-b2u

Vamos conversar

Vamos alavancar as vendas da sua empresa?