O que é Google Shopping e como ele pode alavancar os resultados do seu e-commerce?

Quer ter seu produto no topo dos resultados de buscas? Descubra agora o que é Google Shopping e o que ele pode fazer pelo seu e-commerce!

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Uma das grandes vantagens do Marketing Digital é que ele é uma estratégia democrática: lojas menores conseguem ter a chance de competir com gigantes do mercado e mostrar que tem produtos e serviços de qualidade.

Um exemplo: sabe quando você pesquisa sobre um produto no Google e aparecem diversas sugestões de produtos com preço e loja logo abaixo? Isso é um resumo sobre o que é Google Shopping, um serviço que pode colocar o seu produto na primeira página dos resultados.

Além de dar a chance de o seu e-commerce aparecer na primeira página do buscador, o Google Shopping divulga seu negócio para potenciais clientes no momento em que ele está disposto a fazer uma compra. Com isso, o grau de conversão é consideravelmente maior.

Quer colocar a sua loja virtual no topo das buscas? Então, descubra agora o que é Google Shopping e o que ele pode fazer por seu e-commerce! 

Afinal, o que é Google Shopping?

É um serviço de anúncios pagos do Google, que funciona como uma vitrine virtual. Também é uma forma de alcançar clientes justamente no momento de compra, pois já traz o produto sugerido com modelo, tamanho e preço antes mesmo de um clique.

Da mesma forma que acontece com os links patrocinados, o Google Shopping anuncia seu produto com base na qualidade do anúncio e no valor previamente definido para investir no anúncio.  

Um exemplo: você quer comprar uma televisão nova e quer pesquisar os modelos disponíveis antes de escolher. Então, escreve na busca “smartv 43 polegadas 4k”. No topo dos resultados, o Google mostra diversos anúncios de televisores com essas características.

Além disso, se o preço do aparelho tiver diminuído, seu anúncio vai aparecer com a palavra “desconto” ou “liquidação” mostrando o preço anterior e o atual.

Como o Google Shopping pode melhorar as vendas no seu e-commerce?

Agora que você já sabe o que é Google Shopping, veja por que essa modalidade de anúncio aumenta as vendas em um tempo consideravelmente menor:

Todas as informações disponíveis

O Google Shopping mostra as fotos do produto, preço, tamanho, cores, marca, formas de pagamento e até se há cobrança de juros ou não. Além disso, ao clicar em “ver tudo”, o usuário pode fazer uma busca ainda mais refinada, escolhendo entre itens novos ou usados ou em até uma determinada faixa de preço.

Muitas chances de aparecer

O carrossel de produtos do Google Shopping mostra até 30 produtos no topo das buscas. Além disso, depois que o usuário entra em “Ver tudo” e clica em um produto, o Google mostra anúncios de outras lojas ou compara o preço com o mesmo produto em outros e-commerces. 

Aumento de conversões

Como dito, as chances de que um usuário visualize seu produto no momento em que está pronto para comprar são maiores. Além disso, essa conversão pode ser ainda mais lucrativa: quando ele clica no anúncio, pode ver também produtos relacionados sugeridos pelo próprio Google Shopping. 

O mais interessante aqui é que ele apresenta seu produto para um cliente novo, mas no momento de compra. Portanto, é um aumento de conversões com uma audiência qualificada e nova.

Se o produto, a entrega e o atendimento forem além do que o consumidor espera, você terá um público qualificado maior e com mais chances de recompra.

O importante é entender que o Google Shopping ajuda demais, mas a retenção do cliente fica por sua conta. Portanto, quando ele clicar no seu anúncio, tenha o melhor e-commerce que qualquer usuário possa navegar.

Aumento de resultados via dispositivos móveis

Aqui na Agência B2U gostamos sempre de relembrar sobre a importância de investir em dispositivos móveis.

Para se ter uma ideia, são 204 milhões de aparelhos ativos no Brasil. Além disso, 79,3% dos brasileiros com mais de 10 anos usam o aparelho, sendo a maior taxa de penetração (90,3%) entre pessoas de 30 a 34 anos. Esses dados são a prova de que o celular é o maior meio de acesso à internet da população.

O Google, é claro, não é bobo e sabe desses dados no Brasil e no mundo. Por isso, investe para que os resultados do Google Shopping em dispositivos móveis causem uma excelente experiência do usuário.

E é por isso que você, dono de um e-commerce, precisa investir em um layout responsivo, para que o consumidor que estiver acessando pelo celular possa fazer compras no seu site com rapidez e praticidade.

Integração com sites parceiros

Caso seu e-commerce esteja hospedado em uma plataforma parceira do Google, o cadastro dos produtos fica muito mais simples. Por enquanto, os parceiros são WooCommerce, Magento, Shopify e VTEX.

Qual a diferença entre Google Shopping e Google Ads?

Da mesma forma que no Google Ads, os anúncios no Google Shopping aparecem assim que o usuário faz uma pesquisa no buscador. No entanto, enquanto no Ads você precisa selecionar as palavras-chave que farão o anúncio aparecer, no Shopping essa escolha é feita pelo próprio Google. 

Como incluir minha loja no Google Shopping?

De nada adianta saber o que é Google Shopping se você não souber incluir seu e-commerce na plataforma, não é verdade?

Para isso, é preciso configurar sua conta no Google Merchant e fazer uma integração com o Google Ads (é só clicar em “vinculação de contas”). Depois, envie seu feed de produtos ou sincronize seus dados automaticamente usando uma plataforma de e-commerce compatível. 

O feed é muito parecido com o arquivo XML utilizado comparadores de preço normais, mas precisa seguir algumas regras estabelecidas pelo Google. Aqui na Agência B2U há especialistas para configurar todo o seu feed seguindo as normas do buscador.

Depois de fazer o upload, inclua os dados de cada produto nos anúncios do Shopping. Você deve colocar todos os dados importantes sobre aquele produto. Quanto mais completo, melhor.

Para que seu produto se destaque, você precisa fazer o anúncio da melhor forma. Confira algumas dicas:

  • Descrição: como dito, quanto mais detalhes o produto tiver, melhor para o cliente. Portanto, coloque todas as informações relevantes e faça uma descrição detalhada sobre ele;
  • Diferentes opções de pagamento: uma das grandes vantagens de se comprar online é ter diversas formas de pagar. Não tire esse benefício do seu potencial cliente;
  • Categorize cada produto: você nunca sabe quando aquele produto “esquecido” no e-commerce vai ser o item dos sonhos de alguém;
  • Preço: dê destaque aos produtos em promoção ou em liquidação. Eles são atraentes, já que o cliente percebe que vai economizar;
  • Atenção às URLs: informe seu site corretamente e coloque também nas imagens;
  • Nomeie todos os produtos corretamente;
  • Informe prazos de exibição dos produtos.

Agora que você já sabe o que é Google Shopping, precisa contar com uma agência que possa colocar seu e-commerce no topo das buscas. Entre em contato com a Agência B2U!

Assine a nossa newsletter

Receba atualizações e aprenda com os melhores

veja mais

Quer saber mais sobre os nossos serviços?

Vamos Conversar

small-bg-popup-agencia-b2u

Vamos conversar

Vamos alavancar as vendas da sua empresa?