Você sabe o que é Remarketing?

Já pensou em diminuir o abandono de carrinho, através do remarketing? Descubra agora!

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Você já percebeu que, muitas vezes, quando olha um produto pela internet, ele parece “persegui-lo” na sua caixa de e-mails? Isso, é claro, faz com que a tentação de comprá-lo aumente — principalmente quando vem acompanhado de um desconto irresistível. Sem ao menos saber, você descobriu o que é remarketing, uma forma inteligente de aumentar as vendas, incluindo do seu e-commerce.

Usada para reverter abandono de carrinho, a estratégia pode ser responsável por transformar um produto visualizado em objeto-desejo do usuário. Confira mais sobre o que é remarketing e o que ele pode fazer pelo seu e-commerce!

O que é remarketing?

Como o próprio nome diz, é fazer marketing novamente para o mesmo usuário. A intenção é realimentar o interesse, já manifestado pelo usuário, por um produto do seu e-commerce. E essa estratégia pode acontecer de diferentes formas:

  • a empresa enviando um e-mail marketing para relembrar um abandono de carrinho;
  • mandando avisos de promoções ou descontos;
  • oferecendo um cupom de desconto ou trabalhando outro tipo de estratégia que relembre o usuário sobre sua loja e produtos.

Raramente o usuário faz uma compra logo na primeira pesquisa. Portanto, essa exibição em diferentes momentos faz com que ele não se esqueça. Consequentemente, no momento de decisão, a probabilidade de que ele opte pelo seu produto é maior.

Outro detalhe é que, muitas vezes, o usuário sequer cogitava cobrar — estava apenas “dando uma olhadinha”. Com as vantagens oferecidas pelo remarketing, uma simples “olhadinha” se transforma em desejo de compra.

Saber o que é remarketing, é entender que nesse caso, não se trata de mostrar anúncios em outros sites, e sim no e-mail do cliente. O uso de ads para reengajar clientes é o retargeting, que veremos mais adiante.

Como o remarketing funciona?

Pense em um cliente que visitou seu site,  chegou até a colocar algum produto no carrinho mas abandonou a compra. Alguns minutos após isso acontecer, você envia um e-mail alertando sobre o produto esquecido no carrinho. O usuário chega a olhar o produto, mas não efetua a compra. Então, um ou dois dias depois, você envia um cupom de desconto exclusivo. 

Esse processo pode se repetir por dias, e você não precisa necessariamente enviar apenas os produtos que o usuário viu. É possível mostrar as novidades no seu e-commerce, produtos best-seller, últimas oportunidades, descontos de última hora e muito mais.

É importante que o remarketing só aconteça quando o cliente deixar o e-mail na sua loja. Senão, será visto como spam. Portanto, antes do cliente fazer a compra, exija um cadastro mínimo com nome completo e e-mail.

Quais as vantagens do remarketing?

Você descobriu o que é remarketing e percebeu que ele está muito presente em sua rotina — provavelmente você recebeu ou até fechou negócio graças a essa estratégia. Então, descubra agora os benefícios que ela pode trazer ao seu e-commerce!

Reengaja o cliente

Mesmo que tenha sido apenas uma “olhadinha”, o cliente já mostrou interesse no seu produto. Então, o remarketing é uma forma de realimentar essa vontade. Ele pode até aproveitar o início de conversa promovido pelo e-mail para tirar dúvidas sobre o produto, formas de pagamento, prazo de frete e muito mais.

Traz vantagens para os dois lados

É comum que, depois de alguns dias, a empresa envie um cupom ou ofereça alguma vantagem para o cliente — um desconto progressivo, por exemplo. Enquanto o cliente vai pagar um valor menor pelos itens desejados, a empresa consegue fechar negócio com mais facilidade.

Apresenta mais do seu portfólio

Como você viu, o remarketing não precisa se resumir ao produto visualizado pelo seu visitante. É possível adicionar produtos relacionados ao e-mail, deixando-o mais atrativo para o consumidor. Mostre também itens que estão com desconto.

Aumenta o poder de retenção do e-commerce

Se você entendeu o que é remarketing, e percebeu que o cliente compra quando enxerga um benefício muito grande. Você deve se aproveitar disso para fidelizá-lo.

O consumidor ama desconto, pois o vê como vantagem: ele vai conseguir o produto que deseja e com um valor mais baixo. Se a entrega e o produto atenderem as expectativas, você já ganha pontos.

A partir daí, use o e-mail marketing para mostrar mais produtos, oferecer descontos e, por que não, trabalhar o marketing de conteúdo também.

Qual a diferença entre remarketing e retargeting?

Além de saber o que é remarketing, você precisa conhecer o retargeting, uma forma semelhante de reapresentar seu produto. 

Muitas vezes você visita uma loja, olha um item que gostou muito, até chega a salvá-lo no carrinho mas deixa-o para lá. Subitamente, ele começa a aparecer em anúncios de diversos sites que você visita — e por dias! Mas isso seria mágica, coincidência ou o Google começou a ler o que se passa em sua mente? Nada disso: é o retargeting, uma das ferramentas mais importantes da rede de display do buscador.

O retargeting é uma estratégia de ads que permite que seus anúncios apareçam mais vezes para o mesmo potencial cliente. Para isso, a ferramenta identifica quem visitou o site e envia para ela os produtos já vistos no formato de anúncio. 

Ele também pode acontecer quando você visualiza um anúncio, clica e passa sem comprar. A ferramenta, então, volta a mostrar o produto no meio a outros produtos relacionados. Esses anúncios aparecem nos sites parceiros da Rede de Display da Google.

Quando você resolve trabalhar com Google Ads, pode optar por duas formas de exibição de anúncio:

  • rede de pesquisa: são os links patrocinados que encontramos nos resultados de pesquisa do Google e em sites parceiros;
  • rede de display: é formada por sites, blogs e redes sociais que disponibilizam espaço para exibição de anúncios do Google Ads. Eles fazem parte do programa de afiliados do buscador, chamado de Google AdSense. É aqui que você faz o retargeting.

Então, quando o visitante acessa o seu site, cria-se uma “marcação” utilizando um cookie que ficará gravado no computador dele. Para isso, é claro, ele precisa aceitar os cookies do seu e-commerce. 

Lembre-se de que retargeting dura por volta de 30 dias, que é o tempo em que os cookies continuam armazenados no computador ou dispositivo móvel. Depois disso, eles são deletados e o visitante não visualiza mais esses anúncios.

Entendeu o que é remarketing e como ele faz toda a diferença nos resultados de uma empresa? Então, confira agora 6 motivos para investir em Marketing Digital para o seu e-commerce!

Assine a nossa newsletter

Receba atualizações e aprenda com os melhores

veja mais

Quer saber mais sobre os nossos serviços?

Vamos Conversar

small-bg-popup-agencia-b2u

Vamos conversar

Vamos alavancar as vendas da sua empresa?